Urgentes Notícias
Publicidade

Ratinho Junior toma posse com redução no Secretariado do Estado

Durante a cerimônia o governador reforçou que a primeira decisão foi diminuir o número de pastas de 28 para 15. Novos secretários foram nomeados nesta terça-feira (1)

O governador e o vice Darci Piana, ao lado de suas famílias, subiram a rampa da Assembleia/Foto: Rodrigo Félix Leal

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior tomou posse na manhã desta terça-feira (01) na Assembleia Legislativa do Paraná. Ele e o vice Darci Piana, ao lado de suas famílias, subiram a rampa da Assembleia e foram recebidos pelo presidente da Casa, deputado Ademar Traiano. Os eleitos também receberam as primeiras honras militares.

O novo governador foi conduzido à mesa de honra pelos deputados Guto Silva, Hussein Bakri e Elio Rusch.

Ratinho Júnior cumpriu os protocolos de posse com a assinatura do termo de renúncia do cargo de deputado estadual, leitura do compromisso constitucional de governador e assinatura do termo de posse de governador do Paraná.

Em seu primeiro discurso, emocionado, Ratinho Junior afirmou que fará uma gestão moderna e eficiente onde a tecnologia será empregada em todas as áreas. “Minha forma de trabalho é romper com as tradições e modelos antigos para estabelecer a nova política”, afirmou. “Tenho orgulho de ser o primeiro Governador eleito em 40 anos de não fazer parte de uma oligarquia. Vamos facilitar a vida das pessoas e das empresas”, acrescentou.

Eficiência, modernidade, inovação foram as palavras mais utilizadas pelo novo governador, que confirmou que vai atender o desejo de mudança manifestado nas urnas.

Emocionado, o governador fez seu primeiro discurso na Assembleia/Foto: Agência Estadual

Defensor do Estado Necessário, pautado pela eficiência na gestão e por uma estrutura enxuta, Ratinho Junior destacou as medidas que serão adotadas pelo novo governo. A primeira delas, tomada antes mesmo da posse, foi a redução do número de secretarias de 28 para 15. “É a primeira etapa para a redução da máquina pública”, disse ele.

Ele destacou ainda que manterá o diálogo franco e transparente e que fará ajustes necessários para acabar com os excessos da máquina pública. “Vamos fazer do Paraná uma referência para o Brasil. O Paraná vai ser melhor, vamos fazer os ajustes necessários para melhorar a entrega dos serviços públicos”, disse.

Na solenidade de transmissão de cargo, a ex-governadora, Cida Borghetti, destacou os principais avanços durante sua gestão. Em tom de despedida, falou em harmonia, perseverança, superação e verdade. “O conhecimento de hoje também é maior do que era ontem. Ninguém, por mais poder que possa ter, é dono de um Estado. Apenas cuidamos dele para as próximas gerações. Desejo ao futuro governo, na pessoa do meu amigo Ratinho Júnior, governador eleito pela maioria dos paranaenses, uma gestão plena de realizações em favor de todos”, falou.

Da região Centro-Sul, estiveram presentes na cerimônia de posse o presidente do CIS e prefeito de Imbituva, Bertoldo Rover, e também o prefeito de Mallet, Moacir Szenvelski.

SECRETARIADO

Uma das novidades no governo de Ratinho Junior foi a redução no número de Secretarias do Estado. Na cerimônia, o governador reforçou que a primeira decisão foi diminuir o número de pastas de 28 para 15. “Queremos mostrar na prática que é possível governar com menos secretarias, com maior eficiência e redução de custos”, afirmou.

Foram nomeados o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara; o chefe do Gabinete Militar da Governadoria, major Welby Pereira Sales; a procuradora-geral do Estado, Letícia Ferreira da Silva; o controlador-geral do Estado, Raul Siqueira; o secretário de Estado de Gestão Pública, Reinhold Stephanes; o secretário de Estado de Comunicação Social e Cultura, Hudson José; o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega; o secretário de Estado da Educação e Esporte, Renato Feder; o secretário de Estado de Segurança Pública, general Luiz Felipe Kraemer Carbonell; o secretário de Estado do Desenvolvimento Ambiental e Turismo, Márcio Nunes; o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; o secretário de Estado da Saúde, Carlos Alberto Gebrin Preto (Beto Preto); o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost; e o secretário de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge.

Ratinho Júnior também disse que, por meio desse time, a missão é modernizar a máquina pública de modo que as decisões para melhorar a vida das pessoas possam ser tomadas de maneira mais ágil. “O nosso compromisso é fazer com que o Paraná tenha velocidade na prestação de serviços em todas as áreas, em especial naquelas relacionadas às necessidades básicas e essenciais para fazer as pessoas felizes, como saúde, educação, segurança pública e infraestrutura”, relatou.

A região também terá nomes no governo de Ratinho. O reitor da Universidade Estadual do Centro Oeste (Unicentro), de Irati, Aldo Bona, será o superintendente de Tecnologia e Ensino Superior. O Coronel Péricles será o comandante da Polícia Militar.

 

Informações Agência Estadual

 

0 Comentários

    Deixe um comentário

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember meLost your password?

    Don't have account. Register

    Lost Password

    Register

    x

    Publicidade